Perfil comportamental do Planejador

Olá pessoas queridas, estamos de volta com a publicação do nosso último artigo dessa edição e hoje é dia de falar do 4º perfil comportamental que é o Planejador.

Para você que vem nos acompanhando você já sabe que o nosso objetivo aqui é falar dos benefícios do autoconhecimento, do seu perfil profissional, e a ferramenta “Coaching Assesssment” que eu utilizado nas minhas sessões é uma forma bastante eficaz para atingir este objetivo.

Mas antes deixa eu falar um pouco sobre um tema absolutamente importante na vida profissional que é o planejamento de vida e carreira.

Quando você passa por um processo de autoconhecimento você se depara com algo que eu gosto de denominar como “Oportunidades”. É muito mais gostoso quando você enxerga as diversas possibilidades que tem para traçar um caminho e muitas vezes você percebe que o que você quer é algo ousado e desafiador, e então, o planejamento entra como algo fundamental. É essa ferramenta que irá tirar você do mundo dos sonhos para entrar para o mundo da ação e da realização.

Você sabia que uma das características mais marcantes das pessoas de alta performance é sua capacidade de sonhar, planejar e executar?

É muito bom sonhar e o autoconhecimento eleva a nossa capacidade de sonhar, portanto para transformar nossos sonhos em realidade precisamos colocar no papel cada ação necessária para atingir o tão desejado sonho.

Parece algo bastante obvio, mas muitos de nós negligencia o planejamento. Vejamos algumas frases clássicas de quem não tem o planejamento como prioridade.

1) Sei que é importante, mas não tenho tempo.

2) Nunca precisei planejar e sempre conquistei tudo que quis (será mesmo?).

3) Não gosto de planejar pois me sinto frustrado quando não atinjo o planejado.

4) Não gosto de planejar pois não sei relacionar o que preciso para alcançar o meu objetivo.

E assim vai ... e aí é que perdemos a oportunidade de fazer algo diferenciado na nossa vida.

Portanto convido você a refletir sobre isso e comece a exercitar em um papel em branco buscando respostas para perguntas do tipo:

O que me move?

O que me faz feliz no trabalho? E o que eu preciso fazer para atingir esses objetivos?

Transforme cada objetivo em um plano de ação. Coloque prazo e gerencie possível alterações do seu plano.

Garanto que este exercício será muito útil para alcançar aquilo que deseja a um esforço menor e em menos tempo. Anote aí algumas ferramentas úteis para um bom planejamento e que também utilizamos em um processo de coaching: Matriz Swot, Matriz de Posicionamento Profissional, PDCA, 5W2H, PDI, PEP – uma sopa de letrinhas ? Venha conhecer mais sobre um processo de coaching de carreira e veja como este processo pode te ajudar a alcançar seus objetivos profissionais.

Mas bora lá! Vamos então falar sobre o último perfil comportamental do Coaching Assessment que é o planejador.

Não pense que o perfil planejador é aquele que só sabe planejar, ele sabe sim, mas não de uma forma de tão sistematizada. Aliás o perfil que tem mais habilidade para o planejamento é o analista, que tem a visão mais aprofundada do todo e consegue mapear riscos, prazos e etc.

O perfil planejador aqui neste contexto possui outras características mais marcantes. Da mesma forma que o Comunicador, o perfil planejador é bastante voltado para o ser humano, gosta de desenvolver uma relação próxima com as pessoas e é bastante empático, por isso o planejador valoriza as atividades realizadas em time. Está pouco preocupado em quem leva o mérito, o seu foco está na satisfação do grupo.

O perfil planejador é em geral mais introvertido, mais calmo, mais equilibrado e mais moderado. Tem boa organização e boa capacidade de planejamento. O jeito de fazer do planejador é fazer certo, gosta de justiça e preza pela ética nas relações.

Assim como já conversamos em todos outros os perfis, o planejador também deve estar atento a algumas características que podem prejudicar a sua performance. O perfil planejador tem uma tendência a se preservar bastante e pode ter dificuldade em ocupar o seu espaço, em algumas situações mostra-se mais inflexível, não gosta muito de mudanças e pode acomodar-se nas situações. Portanto se você se identificou com o perfil do planejador fique atento a estas informações e explore o que há de melhor no seu perfil.

Lembrando que o que precisa compreender é que o segredo desta análise de perfil de comportamento não é só necessariamente entender qual o seu estilo dominante, mas sim qual a sua combinação de estilos atual e qual a melhor intensidade de utilização destes estilos mediante o seu ambiente de trabalho e a sua atividade.

Por isso se você quer ter melhores resultados e quer melhorar a sua performance, tenho certeza que esta análise comportamental irá te ajudar muito. Agende uma análise de perfil comportamental, onde além de conhecer-se muito bem, você ainda ganha um plano de ação completo para atingir mais rápido seus objetivos.

Andrea Thibes é coach, especializada em Gestão de Carreira, com formação de Professional & Self Coaching pelo IBC – Instituto Brasileiro de Coaching.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square